Arquivo Histórico
Manoel Domingues



Com um acervo de apenas 545 documentos manuscritos e impressos, a Fundação Casa da Cultura de Marabá, criou o Arquivo Histórico Municipal de Marabá “Manoel Domingues”, para preservar a documentação histórica do município de Marabá e resguardar a memória histórica/ cultural escrita e visual dos povos da região.

Hoje o acervo conta com mais de 20.000 registros que fazem do mesmo um dos maiores da região Amazônica. Dentre os documentos raros do acervo histórico encontram-se, a ata de instalação do Município de Marabá em 1913; a Revista Marabá publicada em 1925, pela Associação Marabaense de Letras e o jornal Marabá de 1945.

O Arquivo tem por missão localizar, classificar, registrar, catalogar e preservar a memória regional, encontrada nos documentos textuais: (manuscritos e impressos) e visual; traçar um perfil histórico do Município de Marabá e região Sudeste paraense, no passado e no presente, facilitar o acesso a essas informações através da organização dos assuntos (dossiês) em pastas e outros instrumentos que atendam às necessidades dos cidadãos. O trabalho realizado pelo Arquivo Histórico de Marabá, já é referência nacional e internacional, a pesquisadores de varias regiões do Brasil e do exterior que buscam no acervo histórico informações sobre a região conhecida mundialmente por suas riquezas extrativistas e minerais.

O Arquivo Histórico de Marabá tem uma importância muito grande na preservação da memória, pois se transformou em fonte de pesquisa das regiões sul e sudeste do Estado do Pará. É constantemente usado em mais de cem trabalhos de conclusões de cursos (TCC), monografias, dissertações de mestrado e teses de doutorado; assim como também é utilizado para pesquisa empresarial onde várias empresas interessadas em investir no município procuram no AHMD informações sobre as atividades econômicas já desenvolvidas na região.


Contato: arq.historico@casadaculturademaraba.org



Acervo

Pular para a barra de ferramentas