PESQUISADORES DO NÚCLEO DE ESPELEOLOGIA DE MARABÁ – NESP, JÁ DESCOBRIRAM E DOCUMENTARAM MAIS DE 2.600 CAVERNAS

Durante os levantamentos das áreas de botânica, zoologia, arqueologia e antropologia realizados no Parque Estadual Serra dos Martírios/Andorinhas em 1989, pela equipe da Fundação Casa da Cultura de Marabá que foram descobertas as primeiras cavidades naturais subterrâneas na região.

No ano de 2006, após 17 anos de pesquisa, foi criado o Núcleo de Espeleologia de Marabá – NESP, por iniciativa da Fundação Casa da Cultura de Marabá. O Núcleo tem como principais objetivos a sistematização, análise, processamento e elaboração dos relatórios técnico-científicos dos estudos oriundos dos levantamentos espeleológicos em campo.

Atualmente, o Núcleo é destaque no cenário nacional pela descoberta e documentação de mais de 2.600 cavernas nos estados do Pará, Maranhão e Tocantins, o que o tornou um dos maiores números de cavidades documentadas no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas