Sobre nós



A Casa da Cultura de Marabá, foi criada em 15.11 de 1984, e sancionada através da lei municipal n° 9.271/1987. Trata-se de uma instituição de direito público e sem fins lucrativos que, nascera há mais de 30 anos pela urgência em preservar o patrimônio histórico de natureza material e imaterial da região sul e sudeste do Estado do Pará. Entre os objetivos da instituição, estão o de fomentar pesquisas científicas nas áreas das ciências naturais e humanas, além de proporcionar acesso à cultura através de projetos de difusão cultural, patrimonial, natural e histórica. Fundação tem se dedicado à preservação da história e da memória regional, tornando-se uma instituição de referência nacional e internacional em prestação de serviços, pesquisas e preservação ambiental e patrimonial, atuando nas áreas de Arqueologia, Educação Patrimonial e Etnologia; Espeleologia, Bioespeleologia e Geoespeleologia; Geologia; Educação Ambiental, Etnobotânica e Zoologia. Como reconhecimento pelos trabalhos desenvolvidos, a Instituição conquistou duas vezes o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, concedido pelo IPHAN.

Por meio da Lei Municipal de 17.862 de 16 de Agosto de 2018, que dispõe sobre a consolidação de regência, definindo a estrutura administrativa, trouxe à fundação, o status de autarquia, consolidada por meio de uma gestão impactante, e uma restruturação organizacional e especializada, passando por processos de gestão estratégicas e mercadológicas, adquirindo programas e equipamentos de primeira geração, ampliando seu território de atuação por meio da prestação de serviço e consultorias em Educação Patrimonial, e dessa forma fortalecendo as campanhas de valorização de Patrimônios Arqueológicos, prédios históricos, saberes tradicionais, manifestações culturais, manifestações religiosas da região, tornando-se referência no que diz respeito à programas educativos que visam a difusão e valorização do Patrimônio Cultural.



Produção de conhecimento e lazer

Em 2010, aproximadamente 200 mil pessoas participaram das atividades da Fundação, número surpreendente e que coloca a Casa da Cultura como uma das entidades culturais e museológicas mais visitadas do país, mostrando assim o interesse do marabaense e dos moradores das cidades vizinhas em conhecer a sua memória e sua cultura.

Muito em breve o Museu Municipal de Marabá, que tem sede na FCCM, será desmembrado em Museu Histórico de Marabá Francisco Coelho, Museu de Arqueologia e Etnologia e Museu de História Natural o que será fundamental para trabalhar as particularidades de cada Museu, observados o patrimônio cultural e científico regional e as manifestações materiais e imaterial por meio de acervos e exposições colocados a disposição da sociedade, com o intuito de promover e ampliar o campo de possibilidades da construção identitária da cidade de Marabá, de forma critica e ainda oportunizando a produção de conhecimento e lazer.


Pular para a barra de ferramentas