Estagiários da FCCM, participam de Simpósio Nacional e apresentam pesquisa realizada no Setor de Etnologia

Entre os dias 18 a 20 de outubro, os Acadêmicos do curso de Engenharia Florestal da Universidade Estadual do Pará (UEPA), e Estagiários da Fundação Casa da Cultura de Marabá (FCCM), Mariane Sousa e Fabiano Soares, participaram do 1º Simpósio Nacional de Madeiras Históricas, que teve como principal objetivo, alicerçar os estudos sobre madeiras históricas como uma corrente investigativa sistematizada, já consagrada em vários países europeus, mas incipiente no Brasil.

Na ocasião, os estagiários/acadêmicos, apresentaram a pesquisa realizada no Setor de Etnologia da FCCM, sobre as propriedades anatômicas das madeiras das terras indígenas, a partir do artefato, Borduna. A pesquisa apresentada é bastante significativa, pois, para além da importância da aplicabilidade dada pelos grupos indígenas para essas madeiras e recursos florestais, há que se lembrar ainda, que grande parte da história da macrorregião marabaense está ligada direta e indiretamente aos usos dos recursos madeireiros e florestais, como a extração do Caucho e da Castanha do Pará por exemplo. A presença de nossos estagiários no 1º Simpósio Nacional de Madeiras Históricas, é a confirmação de que o total apoio da Prefeitura Municipal de Marabá (PMM), é uma parceria que dá certo. Sobre o assunto, a presidente da FCCM, Vanda Américo, frisa que a Etnologia/FCCM, possui um rico acervo que precisa ser amplamente estudado e divulgado e que o atual gestor, Tião Miranda, através das bolsas de estudos dada aos mais de 40 alunos bolsistas da Fundação, demonstra um olhar voltado à importância da Ciência e Educação para o desenvolvimento da cidade de Marabá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para a barra de ferramentas