Praça da Juventude: mais de 800 crianças são atendidas pelo projeto de inclusão social

A Praça da Juventude não é uma praça qualquer. Diferente de todas as outras que existem em Marabá, o local abriga o maior projeto de inclusão social da cidade e é gerenciado pela Fundação Casa da Cultura de Marabá. Atualmente cerca de 800 alunos estão matriculados nas mais diversas aulas, como: skate, karatê, musicalização, flauta doce, capoeira, teatro, violão, zumba, informática, fanfarra, futsal.

Com uma excelente estrutura, a Praça da Juventude possui salas multiuso, sala de leitura e um amplo espaço, com pista de skate e quadra coberta.

As atividades extracurriculares disponíveis no projeto são ótimas opções para modificar a maneira de transferir conhecimento às crianças, aumentando a capacidade de interação aliados a uma bagagem cultural que a FCCM proporciona aos alunos.

Valéria e as alunas da turma de balé do turno vespertino

A professora de dança, Valéria Oliveira da Silva, 23 anos, sabe da importância do trabalho realizado na Praça. “A gente contribui para a formação dessas crianças. Aqui é um bairro de vulnerabilidade. Então, além da aula, a gente conversa, incentiva a estudar, fala sobre o dia-a-dia. Aqui temos psicólogo, assistente social”, explica a professora.

A Praça da Juventude fica localizada no KM 7, no Bairro Nova Marabá, e além dos moradores do entorno, atende crianças dos bairros Nossa Senhora Aparecida e Araguaia.

A aula de balé é uma das mais concorridas (e uma das mais fofas também). As alunas todas de uniformes cor de rosa, sapatilha e laço na cabeça são um show à parte.

“A gente contribui para a formação dessas crianças”, afirma a professora

A turma da tarde possui em média 20 alunas. “Além do balé, temos jazz e danças folclóricas, dando ênfase para as danças da nossa região. E, agora nesse pós-pandemia, estamos voltando a fazer apresentações. Sempre no início das aulas, a gente faz um alongamento para preparar o corpo, temos esse cuidado”, explica Valéria.

Galera da turma de futsal vespertino

O coordenador do espaço, Gilberto Costa, ressalta que todas as turmas, atualmente, estão cheias. “Graças a Deus. Ver nossos espaços com essas crianças e adolescentes é de uma felicidade muito grande. A gente olha e tem a certeza de que estamos fazendo o melhor, tirando eles da rua, ensinando uma atividade, um esporte e dando uma alimentação de qualidade, porque isso também é muito importante, e nós prezamos a alimentação dos nossos alunos”.

Gilberto Costa, coordenador da Praça da Juventude

Inaugurada no dia 5 de abril de 2019, Praça da Juventude possui 30 funcionários e funciona das 8h às 12h e das 14h às 18h.

 

Texto: Ana Mangas (ASCOM/FCCM)

Fotos: Jeferson Lima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para a barra de ferramentas