Referência nacional: Núcleo de Espeleologia utiliza tecnologia no mapeamento de cavernas

Projeto Reviver: FCCM e MPPA levam mais de 1.580 mudas de árvores para Aldeia Suruí
30 de janeiro de 2024
Casinha da Fundação é inaugurada em clima de Carnaval no Bairro São Félix
14 de fevereiro de 2024

Dentre as diversas áreas de pesquisa que integram a Fundação Casa da Cultura de Marabá está o Núcleo de Espeleologia que se dedica ao estudo e exploração de cavernas naturais. Os pesquisadores contribuem com a educação ambiental da população regional, incentivando e divulgando as pesquisas executadas.

Ao longo dos anos, aproximadamente três mil cavernas foram descobertas e pesquisadas pela FCCM. Esse número representa cerca de 10% das 22.846 cavidades conhecidas no Brasil.

O trabalho de prestação de serviço executado pela Casa da Cultura nas áreas de prospecção de cavidades naturais se tornou referência nacional por sua excelência e contribuição ao Patrimônio Espeleológico Brasileiro.

Vanda Américo, presidente da FCCM, sabe da importância da utilização de equipamentos altamente tecnológicos, como o uso do laser scanner, que auxilia no mapeamento de cavidades subterrâneas em campo.

Atualmente o Núcleo de Espeleologia conta com uma equipe qualificada de oito colaboradores que atuam nas áreas de consultoria ambiental.

“O levantamento topográfico de cavidades com equipamento laser scanner, modelagem 3D, permite a obtenção de milhares de pontos com precisão milimétrica, que dão maior detalhamento ao mapa da cavidade, bem como nos dados espeleométricos de área e volume da caverna. Além dos resultados de altíssima qualidade, ganhamos no tempo e segurança dos trabalhos”, explica Maria Almeida, coordenadora da Espeleologia da FCCM.

Ela ressalta que o mapeamento com scanner móvel 3D é realizado por um operador, com uma velocidade de varredura que pode ser de poucos minutos.

Outro ponto importante é a facilidade no manuseio e versatilidade em cada tipo de cavidade que será mapeada. No pós-processamento, os dados consolidados e as nuvens de pontos processadas serão georreferenciadas e estarão prontas para o processamento e consolidação das medidas espeleométricas das cavernas.

 

Ana Mangas (ASCOM/FCCM)

Comments are closed.

Pular para a barra de ferramentas